Saltar para o conteúdo
14.12.2017

Dicas e truques para uma festa de Natal descontraída

Weihnachtsmann_Cupcakes_Magazin.jpg
© TLC Fotostudio

Todos ansiamos por uma bela festa de Natal junto da nossa família. Além de fazer biscoitos, comprar e embrulhar presentes, é necessário também planear e cozinhar um delicioso menu de Natal. A regra é: quem planeia a tempo pode esperar tranquilamente por uma festa de Natal descontraída. Com as nossas dicas e os nossos truques, de certeza que tudo vai funcionar na perfeição.

Antes de começar a sério, é preciso esclarecer algumas questões importantes:
Quem e quantas pessoas vêm? A lista de convidados só tem adultos ou inclui também crianças? Como estamos de lugares sentados, há suficientes para todos? Como estamos de pratos, talheres e copos? As coisas em falta podem, eventualmente, ser emprestadas por familiares ou amigos. Quando todas estas coisas estiverem definidas e anotadas, pode começar a planear o menu.

Escolha do menu
A sequência habitual de menu é: entrada, prato principal e sobremesa. Quem preferir, pode alargar a ementa através de pratos intermédios. Mas não se deve exagerar, afinal de contas é necessário preparar e cozinhar tudo. Escolha um menu variado com ingredientes diversos e conhecidos. Na nossa base de dados de receitas do Monsieur Cuisine encontra uma grande seleção de receitas, podendo partir dela para fazer o seu menu de Natal pessoal. Se quiser tentar algo completamente novo no Natal, o ideal é experimentar confecioná-lo uma vez antes. Dessa forma ganhará uma sensibilidade maior para o prato. Quem o considerar demasiado stressante, o melhor é cozinhar, como todos os anos, a sua refeição de Natal habitual. Tenha em consideração que as crianças nem sempre comem tudo e planeie uma alternativa para elas. Pense também nos pratos que podem ser preparados com um ou dois dias de antecedência. Isso poupa tempo e deixa-lhe espaço para outras coisas, como, p. ex., decorar ou embrulhar os últimos presentes.

Calcular e comprar
O menu está decidido. Agora é preciso escrever a lista de compras. Mas como se calculam as quantidades certas? A base é sempre a receita e o número de pessoas nela indicada. Como pequeno auxiliar de cálculo, listámos para si as quantidades mais frequentes na tabela informativa que se segue:

Prato

Lugar na ementa

Quantidade

Sopa

Entrada

200 - 250 ml

Saladas de alface

Entrada ou acompanhamento

50 - 90 g

Saladas de raw food

Entrada ou acompanhamento

100 - 150 g

Legumes

Acompanhamento

150 - 200 g (crus, limpos)

Legumes

Prato principal

200 - 400 g (crus, limpos)

Arroz/Massa

Acompanhamento

ca. 60 g (cru)

Arroz/Massa

Prato principal

ca. 100 g (cru)

Batatas

Acompanhamento

200 - 250 g (cruas)

Bolas de massa

Acompanhamento

180 - 200 g

Carne sem osso

 

125 - 180 g

Carne com osso

 

150 - 250 g

Carne picada

 

100 - 150 g

Peixe inteiro

 

250 - 300 g

Filete de peixe

 

150 - 200 g

Sobremesa

 

125 - 200 g

Queijo

 

80 g


As quantidades estão definidas, todos os ingredientes estão anotados, as compras podem então começar. Encomende a carne e o peixe com a antecedência necessária. Em caso de necessidade pode comprar o peixe ou a carne alguns dias antes e congelá-los até à confeção. Compre os ingredientes com validade maior algumas semanas antes. Dessa forma poderá concentrar-se na compra dos ingredientes frescos imediatamente antes das datas festivas. Isso poupa tempo. Aqui um plano de atividades pode ser útil. Cada visto que colocar na lista permitir-lhe-á manter tudo sob controlo. E se por acaso alguma coisa não correr como esperado, não se aborreça: improvise, ria-se e aprecie uma bela festa de Natal junto da sua família.