Saltar para o conteúdo
30.07.2020

É a época delas – Cerejas

Kirschen_kleiner.jpg

Tempo de verão é tempo de cerejas

Primeiro, as cerejeiras encantam-nos com a sua visão em abril e maio, depois o sabor dos seus frutos suculentos adoçam-nos os meses de verão. Além de tentar cuspir o seu caroço o mais longe possível, podemos ainda preparar estas pequenas bombas vitamínicas e criar pratos deliciosos a partir delas. Em 2019, mais de 50 % das cerejas doces produzidas na UE vieram de Espanha, Itália e Grécia. Nelas foram colhidas mais de 305 mil toneladas. No entanto, a maior parte das cerejas da UE são produzidas na Polónia. Com quase 200 mil toneladas, a Polónia produz aproximadamente 1/5 de todas as cerejas da UE. A cereja é e continua a ser muito apreciada.

Ácidas ou doces?

As cerejas doces e as cerejas ácidas são, em termos botânicos, espécies diferentes que, no entanto, são muito parecidas entre si. Ambas são frutas de caroço e pertencem à família das rosáceas.As cerejas ácidas subdividem-se em amarenas e ginjas. Estas distinguem-se por intermédio do seu sumo. As ginjas têm um sumo que larga cor, as amarenas, pelo contrário, possuem um sumo incolor. Uma das cerejas ácidas mais conhecidas é a cereja morello. O fruto da cereja morello é vermelho-escuro e tem um sabor um pouco ácido. No entanto, o verdadeiro sabor de uma cereja ácida só será extraído através da cozedura. Por isso, as cerejas ácidas adequam-se na perfeição para a confeção de compotas, sumos, bolos ou doces. Mas as cerejas ácidas ainda podem servir para muito mais: as suas qualidades não se limitam à culinária doce. As cerejas ácidas, por exemplo, em chutneys, conferem a nota frutada e ácida perfeita, especialmente a pratos de carne.As cerejas doces são subdivididas em cereja coração e cereja cartilaginosa, dependendo da consistência da polpa. Existem inúmeras espécies de cerejas doces. As cerejas cartilaginosas têm um sabor muito aromático, pelo que são as mais adequadas para o consumo direto. Além disso, os frutos são muito grandes e têm uma polpa «estaladiça». Naturalmente, também sabem deliciosamente como compota ou na sobremesa. A cereja coração, por seu lado, é muito mais pequena e tem ainda uma polpa mais para o mole, pelo que também é utilizada para a destilação de aguardente.

Saudáveis e redondas

As cerejas são ricas em sais minerais como potássio, cálcio, magnésio e ferro, e apresentam uma mistura equilibrada de provitamina A, vitaminas do grupo B, vitaminas C e E. São pequenas bombas vitamínicas. Além disso, as cerejas doces destacam-se por conterem apenas 60 kcal por cada 100 gramas, e as cerejas ácidas ainda menos, 50 kcal por cada 100 gramas. As cerejas contêm ainda o corante natural antocianina, que pertence ao grupo dos polifenóis. Estes são excelentes para o corpo humano, pois os polifenóis evitam comprovadamente danos nas células por parte dos radicais livres. Mas o corante antocianina ainda consegue fazer mais: ela abranda a absorção de hidratos de carbono pelo sangue e favorece a formação de hormonas que reduzem o açúcar no sangue. Além disso, consegue contrariar valores elevados de ácido úrico, o que, entre outras coisas, reduz as dores provocadas pela gota. As cerejas devem mesmo fazer parte do plano alimentar dos desportistas. As cerejas têm um efeito antioxidante, ou seja, impedem processos de inflamação, que promovem dores musculares. Comer cerejas fomenta, portanto, a regeneração.

Armazenamento

As cerejas, tal como os morangos, sabem melhor se consumidas imediatamente. Quem não puder comer ou preparar imediatamente todos os frutos, deve guardá-los no frigorífico até, no máximo, três dias. O ideal é deixar o pedúnculo no fruto, dessa forma ele permanecerá fresco durante mais tempo. Naturalmente, também podes congelar as cerejas. No entanto, não devem ficar mais de 10 meses no congelador.

Dicas de preparação

As cerejas fazem parte dos tipos de fruta que não amadurecem depois de colhidos. Assim, só devem ser colhidas quando estiverem maduras e tiverem adquirido a sua cor total. De modo geral, as cerejas são frutos sensíveis, podem rebentar muito facilmente. Por isso, as cerejas doces não devem ser lavadas sob água corrente, pois se rebentarem o seu aroma pode ser eliminado. O mais fácil é lavar cuidadosamente as cerejas numa tigela com água fria imediatamente antes do consumo. Retira o pedúnculo apenas após a lavagem, senão também aqui o aroma se pode perder.Quem tiver pela frente o desafio de descaroçar uma grande quantidade de cerejas sabe que vai ser um trabalho árduo. Recomendamos-te que coloques antes as cerejas no congelador, pois assim será mais fácil descaroçá-las.Podes utilizar praticamente tudo da cereja. Recomendamos que não uses os caroços apenas para cuspi-los o mais longe possível, mas também que os acumules e faças a tua própria almofada de caroços de cereja. Lava simplesmente os caroços acumulados sob água corrente quente e enxuga-os. Pega numa fronha velha e lavada e enche-a com os caroços. O ideal é coseres a almofada ou utilizares uma fronha com um fecho-éclair não sensível ao calor. O que é espetacular numa almofada de caroços de cereja é que podes aquecê-la no forno e utilizá-la como almofada térmica ou arrefecê-la no frigorífico e usá-la como almofada de arrefecimento.

Mito ou realidade

Depois de comermos fruta de caroço, como cerejas, alperces ou ameixas, não devemos beber água, pois isso provoca dores de barriga. É verdade? Claramente, NIM! A combinação de fruta crua e água no estômago, em si, não causa dores de barriga. Mas o que, definitivamente, pode levar a dores de barriga ou a flatulência é o consumo de demasiada fruta não preparada. O mesmo é válido para os legumes, sobretudo a raw food. Durante a digestão de fruta e legumes formam-se gases digestivos. Se o teu corpo não estiver habituado a um elevado consumo desses alimentos, começa a sofrer de flatulência e, por vezes, também de dores de barriga. O mito de não poderes beber água depois de comeres cerejas remonta também a tempos antigos, quando a água ainda era sobretudo consumida a partir de poços. Assim, a qualidade da água era, naturalmente, diferente da de hoje. Ou seja, podes comer descansadamente as tuas cerejas de verão e, em seguida, beber o teu copo de água. ;-)

© NGV mbH, Foto: TLC Fotostudio
Olá, esta é uma receita de CookingPilot!
Guardar
Receita de
Monsieur Cuisine
Pudim de cereja com molho de baunilha
MC connect
4 doses
fácil
Pronto em: 1:03 Std.
Pudim de cereja com molho de baunilha
© NGV mbH, Foto: TLC Fotostudio
Guardar
Receita de
Monsieur Cuisine
Tarte de compota
MC plus
12 fatias
fácil
Pronto em: 1:10 Std.
Tarte de compota
© NGV mbH, Foto: TLC Fotostudio
Olá, esta é uma receita de CookingPilot!
Guardar
Receita de
Monsieur Cuisine
Sobremesa de cereja da floresta negra
MC connect
6 copos
médio
Pronto em: 1:00 Std.
Sobremesa de cereja da floresta negra
© NGV mbH, Foto: TLC Fotostudio
Guardar
Receita de
Monsieur Cuisine
Iogurte gelado com manga e cereja
MC plus
4 pessoas
fácil
Pronto em: 2:15 Std.
Iogurte gelado com manga e cereja